Saiba tudo sobre as principais festas juninas do Nordeste - Blog Rota das Emoções: O melhor sobre a Rota das Emoções
Saiba tudo sobre as principais festas juninas do Nordeste

Se você é animado e adora está perto de pessoas alegres e divertidas, é melhor arrumar as malas e aproveitar as atrações das festas juninas no Nordeste.

Em junho, os nordestinos organizam eventos para reunir pessoas de todas as regiões do País e para reverenciar três santos católicos: Santo Antônio (o preferido das moças que pretendem se casar), São João e São Pedro.

O sucesso das festas juninas é tão grande no Nordeste que elas chamam mais a atenção dos moradores do que outras datas marcantes, como o Natal. Neste post, vamos falar um pouco sobre a história dessa tradição e dos principais eventos que agitam o Nordeste no mês de junho. Embarque com a gente nesse roteiro repleto de alegria e descontração!

Entenda a tradição das festas juninas no Nordeste

Com grande relevância na história, religião e cultura, as festas juninas fazem a alegria dos nordestinos e de muitos turistas brasileiros e estrangeiros. É um verdadeiro passeio às raízes de nosso país. No Brasil, elas chegaram por meio dos portugueses, que adotaram essa festividade por influência dos franceses, que a criaram no século XII.

Inicialmente, era um evento pagão, que foi aos poucos sendo incorporado pela Igreja Católica. À medida que os brasileiros foram agregando a essa festa aspectos da nossa cultura, ela passou a ser mais alegre e difundida por todo o País.

Datas

O Nordeste é o paraíso das festas juninas. Por questões culturais e religiosas, as datas mais relevantes para as festividades são a véspera do dia dos santos, por exemplo:

  • 12 de junho (Dia dos Namorados e véspera da festa de Santo Antônio, o famoso santo casamenteiro);
  • 23 de junho (véspera do dia de São João);
  • 28 de junho (véspera de São Pedro).

Comidas típicas, danças populares, fogueiras e a animação do público tornam essas festas inesquecíveis para os visitantes.

Conheça o São João de Caruaru

Imagine uma festa que pode durar até um mês. É isso mesmo! Se você nunca viu isso antes, é melhor prestigiar a Festa de São João de Caruaru (PE), em que o forró manda no pedaço e faz a alegria dos participantes.

Mas as atrações não param por aí. Você pode curtir momentos fantásticos ao participar de várias brincadeiras, como correio elegante, casamento caipira e o tradicional pau de sebo. Outro destaque são as Drilhas, que são grupos de quadrilhas que ficam atrás dos trios elétricos.

Se você é amante da culinária, vai se deliciar com diversas opções:

  • arroz-doce;
  • chocolate quente,
  • cuscuz;
  • milho verde
  • pamonha;
  • pipoca;
  • pé de moleque;
  • tapioca.

A festa conta com atrações nacionais, o que desperta a atenção da comunidade local e de turistas de várias partes do Brasil. Para quem gosta de boa música e de comida de primeira qualidade, uma viagem para curtir o São João de Caruaru é uma ótima opção.

Prestigie a maior festa de São João do mundo

Para quem gosta de eventos com muita gente e alegria, a dica é participar da festa junina de Campina Grande. A cidade fica toda enfeitada para receber os visitantes. Já pensou em acompanhar uma cerimônia de casamento coletivo para mais de 100 casais? Já imaginou ter disposição e alegria para dançar todos os dias durante um mês?

Podendo chegar a 2 milhões de participantes, o São João de Campina Grande é uma das festas juninas no Nordeste, em que o show de fogos de artifício pode durar mais de 10 minutos. 

Você também pode curtir a Locomotiva Forrozeira, que proporciona um passeio de trem inesquecível no final de semana. Os passageiros vão de Campina Grande até Galante (distrito em que as apresentações de forró fazem a alegria de todos).

Os grupos de dança e as barraquinhas com diversas atrações culinárias contribuem para fazer da festa um momento ainda mais especial.

Com certeza, o São João de Campina Grande é digno de ser uma das principais festas juninas no Nordeste.

Divirta-se com o Bumba-Meu-Boi em São Luís

Se você está procurando um bom motivo para visitar São Luís (MA), a dica é ter vontade e muita energia para participar de uma das festas mais democráticas do País. As atividades têm início no sábado de aleluia e terminam no Dia de Santo Antônio.

Para se ter uma ideia do envolvimento da população com a festa, são formados mais de 100 grupos de Bumba-Meu-Boi, que mostram uma forma muita peculiar de chamar a atenção do público.

Todas as músicas apresentadas são denominadas de Sotaque, sendo que o ritmo é construído por meio dos instrumentos e da cadência dos componentes dos grupos. Você deve estar perguntando sobre a culinária local. Para matar a sua curiosidade, veja abaixo as refeições mais pedidas durante a festa:

  • arroz de cuxá (arroz branco com camarão e vinagreira);
  • cocadas;
  • caruru;
  • peixe frito;
  • torta de camarão.

Nas barraquinhas, os turistas podem conferir uma mistura interessante da culinária indígena com a africana e a portuguesa, o que possibilita apreciar vários doces e cremes, como o cajá, o bacuri e o sapoti.

Sem dúvida, a alegria, a criatividade e boa comida estão à disposição dos turistas em São Luís.

Dance bastante em Teresina

O Encontro Nacional de Folguedos faz com que a festa junina tome conta de Teresina (PI). O evento promove apresentações de vários grupos de dança da Paraíba, Maranhão e do Piauí. Isso é fundamental para os moradores e turistas conhecerem os passos do Folguedo.

O Encontro reúne milhares de pessoas e promove debates sobre a cultura da localidade e as tradições populares, com a participação de moradores e de representantes de faculdades da região.

O evento também se destaca pelas brincadeiras típicas das festas juninas, danças e a boa gastronomia, que apresenta algumas comidas da região, como o Maria Isabel (arroz com carne seca) e o Picadinho ou Pintado (mistura de feijão com orelha e pé de porcos). Tudo isso mostra que vale a pena visitar Teresina no mês de junho.

Curta o São João da Parnaíba

Uma festa junina bastante tradicional no Nordeste é o São João da Parnaíba, no Piauí. Muita dança, alegria e comidas típicas animam o público. O forró e o sertanejo universitário são os estilos musicais que mais agitam a festa.

Uma das grandes atrações é o Festival de Folguedos, considerado o mais importante da Rota das Emoções. No evento, vários grupos culturais se apresentam e reforçam atividades artísticas da região, como o Bumba-Meu-Boi.

Você já percebeu que as festas juninas são atrativos especiais para tornar a viagem ao Nordeste ainda mais especial. Basta ter planejamento e alegria de viver para ser recebido por um povo feliz, simpático e hospitaleiro.

Para ficar bem informado sobre como aproveitar as festas juninas no Nordeste, a dica é ler este post sobre como planejar 10 dias de viagem pela Rota das Emoções. Aproveite o conhecimento para deixar a sua vida ainda mais alegre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This