Seja fitness na viagem: 7 dicas de esportes para praia - Blog Rota das Emoções: O melhor sobre a Rota das Emoções
Seja fitness na viagem: 7 dicas de esportes para praia

Você sabia que é possível se exercitar durante uma viagem? Existem diversas opções de esportes para praia em modalidades que podem ser feitas na areia ou no mar. Dessa forma, você não precisa deixar a sua rotina diária de lado enquanto se diverte e pode incluir a atividade física em seu roteiro

O Brasil tem aproximadamente 7 mil quilômetros de litoral a serem explorados. Por isso, acabaram-se as desculpas! O que não falta é lugar bonito para se exercitar. Quer saber mais sobre o assunto? Confira 7 dicas de esportes que podem ser praticados na praia e se mantenha fitness mesmo nas férias!

1. Kitesurf

Também conhecido como kiteboarding ou flysurf, o kitesurf é uma modalidade cada vez mais popular no Brasil, principalmente na região Nordeste do país. Para a prática do esporte é necessário uma prancha e uma pipa específicos, além de ventos favoráveis.

O praticante deve prender a pipa a sua cintura e, com a ajuda de um trapézio, conduzir os seus movimentos com as mãos. A prancha fica presa aos pés com alças de segurança e é preciso equilíbrio para se colocar de pé e surfar.

As aulas iniciais custam uma média de R$1 mil reais, e são necessários alguns dias de treinamento para que o aluno esteja seguro para seguir sozinho. Os ventos fortes são capazes de erguer facilmente uma pessoa, por isso é preciso ter muita força nos braços e abdômen para manter-se firme na água.

As praias do Ceará são as mais procuradas, do Brasil e do mundo, para a prática do Kitesurfe. Os destinos mais comuns são Guajiru, Praia do Preá e a Praia de Icaraí de Amontada. Os locais são os queridinhos dos atletas por oferecerem as condições ideais para o esporte.

2. Windsurf

Muito popular no litoral nordestino, além do Havaí e Caribe, o Windsurf é uma modalidade olímpica de vela que teve origem em 1970, na Califórnia. Os praticantes precisam se manter equilibrados e navegar em uma prancha acoplada a uma vela de aproximadamente 5 metros de altura.

Assim como no kitesurfe, no windsurfe o vento é o principal motor de força da movimentação do atleta, sendo essencial para a prática do esporte. Mas, apesar disso, é preciso ter muito controle e força nos braços, pernas e abdômen para manter-se deslizando sobre as águas.

O esporte é indicado para quem está em busca de atividades de alto rendimento e é possível encontrar aulas e treinamentos específicos nas mais variadas praias espalhadas pelo Brasil e pelo mundo.

3. Kite DownWind

O Kite DownWind é um estilo de velejar ou remar a favor do vento. Ou seja, os praticantes seguem sempre na direção apontada pelo vento. A modalidade já está bem consolidada no Brasil e é possível, inclusive, encontrar competições do esporte em diferentes regiões.

Se você quer viver uma experiência completa no litoral, é possível fazer um pacote de viagem de seis dias entre Fortaleza, Cumbuco, Paracuru, Flexeiras, Guajiru e Jericoacoara, com paradas estratégicas para a prática da modalidade.

4. Cicloturismo

O cicloturismo é uma das melhores formas de unir viagens a atividades físicas. Isso porque o esporte consiste em viajar ou se locomover por grandes distâncias utilizando apenas uma bicicleta como transporte. Para os amantes da bike, esse é, sem dúvidas, um dos maiores sonhos de consumo.

E, se você não tem disposição para longas pedaladas, é possível realizar uma viagem convencional e recorrer à bike apenas para explorar o lugar de destino. Dessa forma, você estará praticando uma atividade aeróbica, com alto gasto calórico, enquanto admira belas paisagens.

Além de saudável, a atividade pode ser bem econômica e ecológica. Se você não levou o seu equipamento na mala, é possível alugar todos os itens necessários em praticamente todas as grandes praias do Brasil.

5. Canoagem

Embora, em um primeiro momento, a canoagem possa parecer uma atividade bem tranquila e relaxante, ela exige muito esforço, concentração e equilíbrio dos seus praticantes. E não poderia ser diferente, afinal, ela é uma modalidade olímpica desde 1936.

Você pode remar em dois tipos de veículos, a canoa ou o caiaque. A primeira é mais utilizada para o transporte de pessoas, pesca ou remo em equipe. Enquanto isso, a segunda é um modelo mais esportivo, o que pode dar maior agilidade aos atletas.

Uma hora de remada é o suficiente para se encantar com belas paisagem enquanto trabalha os músculos do braço, peito, costas e abdômen. Por isso, lembre-se de se preparar com um alongamento completo e a alimentação adequada.

6. Sandboard

O que não falta nas praias brasileiras são belas e imensas dunas. E se o seu destino for contemplado com essas incríveis formações de areia, uma boa dica é apostar no sandboard como esporte de férias.

Pode até parecer tranquilo descer as dunas em uma prancha, mas subir novamente várias e várias vezes é uma atividade que exige muito esforço e disposição. Além disso, para manter-se equilibrado durante a descida é preciso trabalhar os músculos da perna e abdômen.

Para a prática do sandboard é necessário apenas a prancha específica do esporte e uma região com dunas. Em dias de muito vento, óculos de sol e tampões de ouvido podem ser bons aliados contra a força das areias.

7. Trekking

Também conhecido como caminhada, o trekking é uma atividade física aeróbica indicada para todas as idades e perfis de viajantes. Sua prática consiste em caminhar por pequenas ou grandes distâncias, geralmente em trilhas naturais, o que pode proporcionar experiências ainda mais incríveis para a sua viagem.

O trekking é uma das atividades mais indicadas para quem busca se exercitar e perder peso de uma forma mais gradativa e contemplativa, apreciando cada trecho dos cenários percorridos. Além de lazer, o esporte também é praticado de forma competitiva, por meio do trekking de regularidade e corridas de aventura.

Legal, não é? Como você pode perceber, existem muitas opções para se exercitar na praia. Mas, para evitar qualquer tipo de lesão que possa arruinar a sua viagem, lembre-se de se alongar antes e após as atividades e, sempre que possível, contar com o apoio de um profissional experiente.

Quer saber mais sobre esportes para praia? Assine a nossa newsletter e receba todas as dicas e conteúdos exclusivos do assunto diretamente no seu e-mail.

Carolina Sena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This